Os benefícios do Reiki

Elizabeth Coimbra Chaves

A beleza do Reiki está no poder de sua simplicidade, e no modo democrático do processo curativo.
O ato de impor as mãos sobre o corpo humano ou sobre um animal para transmitir bem estar e aliviar a dor é tão antigo quanto o instinto. Quando sentem dor, a primeira coisa que as pessoas fazem é colocar as mãos sobre a região dolorida. O toque humano transmite calor, serenidade e cura. Também transmite carinho e amor. Esse ato simples é a base de toda técnica de cura pelo toque.

Nos seres humanos a energia circula de forma livre. Essa energia alimenta órgãos e células, regulando ainda as funções vitais. Se há bloqueios na livre circulação energética, prejudicando o trânsito, advém o desequilíbrio e a conseqüência no corpo físico.

Esses bloqueios ocorrem muitas vezes por excessos cometidos de naturezas diversas quando o corpo libera energias que produzem barreiras impedindo o fluxo de energia vital, atuando no corpo físico e criando a “doença”.

A energia vital está em harmonia com corpo quando existe ordem fisiológica, equilíbrio psicológico e estabilidade emocional. O Reiki é uma técnica para a união dessa energia com os poderes de cura inatos ao corpo. Ela alimenta os mecanismos do corpo permitindo que ele elimine as toxinas acumuladas e restaure seu equilíbrio físico e mental.

O Reiki apenas dá o poder de cura ao receptor. Ele induz o receptor a assumir a responsabilidade pelo seu processo, reconhecendo que quem recebe o tratamento possui o poder de curar. A inteligência inerente ao corpo do receptor sabe o que é necessário e dirige a energia para a mais alta prioridade.

A palavra reiki é de origem japonesa que significa: Energia de Força da Vida Universal. Esta energia é chamada por vários nomes em diferentes culturas, como chi ou prana.
Esta arte de cura há muito esquecida foi redescoberta pelo teólogo japonês Dr. Mikao Usui, de quem deriva o nome deste sistema.

O Sistema Usui de Reiki é uma técnica de cura que utiliza a imposição das mãos para canalização da energia universal visando promover o equilíbrio energético, necessário ao bem-estar físico e mental. A técnica acentua a homeostase (tendência de todo e qualquer organismo de buscar e encontrar o equilíbrio). Busca fortalecer os locais onde se encontram bloqueios – “nós energéticos” – eliminando as toxinas, equilibrando o pleno funcionamento celular, e restabelecedo o fluxo de energia vital.

Este sistema possui cinco princípios chamados de “Gokai” referem-se a frases de algumas linhas de ensinamento selecionadas e colocadas na prática do Reiki. Tais princípios não devem ser entendidos como um rígido mecanismo de regras, e sim como um chamado a questionar de maneira profunda, nossa própria conduta e a abandonar nossos costumes antigos e carentes de sentido. Portanto além do seu aspecto terapêutico, o Reiki é também uma ferramenta maravilhosa para ajudar as pessoas a desenvolver a percepção consciente, levando ao crescimento pessoal.

Esta prática terapêutica é reconhecida mundialmente pela OMS – Organização Mundial da Saúde e agora também no Brasil, sob o código 8690-9/01 na Comissão Nacional de Classificação (Concla), ligado ao Ministério do Trabalho, ao SUS e ao IBGE.